Notícias

Auxílio emergencial de 2021 começa a ser pago no dia 6 de abril com parcelas entre R$ 150 e R$ 375

O pagamento do auxílio emergencial 2021 começa no dia 6 de abril. A liberação foi autorizada em MP (medida provisória) do governo federal.

O calendário será divulgado pela Caixa Econômica Federal.

A confirmação foi feita pelo ministro da Cidadania, João Roma Neto (Republicanos-BA), nesta quarta-feira (31) em pronunciamento.

O orçamento para os pagamentos é de R$ 44 bilhões. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou na sexta-feira (26) um decreto para destravar a nova rodada do auxílio emergencial.




O auxílio terá quatro parcelas de R$ 250, com duas exceções, mulheres chefes de família receberão parcelas de R$ 375 e pessoas que vivem só receberão R$ 150. No ano passado, foram pagas cinco parcelas de R$ 600 e outras quatro de R$ 300.

Na nova rodada, será permitido que apenas uma pessoa por família receba o benefício. Em 2020, o governo autorizou o pagamento para até duas pessoas por lar.

“Aqueles que estavam aptos no mês de dezembro permanecem para receber com exceção daqueles que em que foram identificados itens que fazem com que eles não integrem a lista do auxílio emergencial de 2021. Mais de 40 milhões de famílias, que passam por situação muito sofrida nesse momento, poderão ter acesso”, afirmou o ministro da Cidadania.




A partir de quinta-feira (1º), o beneficiário poderá verificar se foi aprovado no site da Dataprev.

“Faremos primeiro os depósitos nas contas digitais, todos já têm, ou seja, não há necessidade de abrir novamente essas contas. E depois de algumas semanas será possibilitado o saque”, disse o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

A expectativa do governo é de que mais da metade das pessoas realize os gastos digitalmente, antes da abertura de prazos para saques.



Deixe uma resposta