Coronavírus

Rússia diz que vacina contra covid-19 para o Brasil pode chegar em novembro

O RDIF (Fundo Russo de Investimento Direto) e a Secretaria de Saúde da Bahia firmaram acordo para colaborar na distribuição no Brasil de 50 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra o coronavírus.



Segundo comunicado, o fornecimento de vacinas ao Brasil está previsto para começar em novembro de 2020, sujeito à aprovação regulatória do governo brasileiro, que levará em consideração os resultados de um estudo de vacinação pós-registro, que está sendo feito com 40 mil pessoas em território russo.

A vacina deve chegar primeiramente no nordeste, no estado da Bahia para ser mais exato. Porém, segundo o fundo, o acordo prevê a distribuição, no futuro, da vacina em todo o território brasileiro. Além da Bahia, a empresa está em negociação com o Paraná.



Um acordo com o México já foi firmado e pretende fornecer 32 milhões de doses (equivalente a 25% da população) da vacina russa. O embarque de vacinas para o México está previsto para começar em novembro também, sujeito à aprovação das agências reguladoras do governo mexicano.



Ceça Ricarte

Ceça Ricarte - Jornalista de formação, com mais de 15 anos de experiência, nas mais diversas áreas que o Jornalismo se propõe. Natural de Recife, mas que escolheu Caruaru para amar e viver! Entre idas e vindas, está fixa na Capital do Forró há 12 anos.

Deixe uma resposta