Losartana é recolhida do mercado: risco de causar câncer a longo prazo

Laboratório Medley informou que a medida é preventiva e que está estudando os efeitos da substância

O laboratório Medley anunciou o recolhimento voluntário de todos os lotes dos remédio losartana potássica + hidroclorotiazida 50 mg + 12,5 mg, losartana potássica + hidroclorotiazida 100 mg + 25 mg de losartana potássica 50 mg e 100 mg comprimidos. A medicação é indicada para o tratamento de pressão alta e insuficiência cardíaca, é bastante utilizada no Brasil e consta na lista de medicamentos distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


A empresa verificou a presença de impurezas mutagênicas nos produtos, provenientes do processo de fabricação e, de acordo com o informado, o recolhimento não foi somente no Brasil. Essas impurezas podem causar alterações no DNA dos usuários, aumentando a possibilidade de câncer a longo prazo. Entretanto, ressalta que o risco específico dessa substância química causar, efetivamente, câncer em humanos ainda é desconhecido.

A empresa esclarece que o recolhimento dos lotes de comprimidos de losartana da marca Medley é voluntário e preventivo. O trabalho está sendo realizado em parceria com a Anvisa e outros órgãos de saúde dos países estrangeiros.

A losartana é um medicamento indicado em casos de hipertensão e insuficiência cardíaca. Ela promove a dilatação dos vasos sanguíneos, facilitando a passagem do sangue e, consequentemente, diminuindo a pressão nas artérias, o que melhora o funcionamento do coração.




Quais os riscos para os pacientes?

De acordo com a Medley, o recolhimento é uma medida de precaução e que ainda não há dados suficientes que sugiram que o medicamento causou uma mudança na frequência ou natureza dos eventos adversos relacionados a cânceres, anomalias congênitas ou distúrbios de fertilidade.

Contudo, parar de tomar o medicamento sem consultar um médico pode ser um risco para as pessoas hipertensas. Por isso, a empresa sugere que os pacientes procurem seus médicos e realizem tratamentos alternativos.

O recolhimento não trará custos aos pacientes. A Medley informa que quem possuir qualquer lote desses produtos pode entrar em contato com o SAC da empresa pelo 0800-703-0014.

Quando a Losartana é recomendada?




Conforme mencionamos no início desta leitura, a losartana é um medicamento indicado em casos de hipertensão e insuficiência cardíaca. Entre os efeitos colaterais que estão na bula do medicamento estão tonturas, diminuição da pressão arterial, hipercalemia, cansaço excessivo e vertigens. O medicamento pode ser indicado por um cardiologista para:

  • Tratamento de pressão alta (hipertensão);
  • Tratamento de insuficiência cardíaca;
  • Diminuir o risco de doença cardiovascular, acidente vascular cerebral (AVC) e infarto em pessoas que possuem pressão alta e hipertrofia ventricular esquerda;
  • Proteger os rins e retardar a progressão da doença renal em pessoas com diabetes do tipo 2 e proteinúria.




Deixe uma resposta