Vítimas de animais peçonhentos devem procurar diretamente Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru

O Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, reforça que é referência para atendimentos de pessoas vítimas de animais e insetos peçonhentos.

Entre janeiro a julho deste ano, o HMV realizou 195 atendimentos, cinco a mais que no mesmo período de 2021. O número representa uma média de 27 pessoas por mês. O médico, coordenador geral da emergência do Hospital Mestre Vitalino, Dr. Crystiano Dias, orienta que, caso alguém seja picado por um animal venenoso, “o mais recomendado é ir o mais rápido possível ao lugar que seja referência no tratamento.” E completa: “Receitas caseiras não são indicadas”.



O HMV é um hospital totalmente regulado (pacientes encaminhados via Central de Regulação), mas para estes atendimentos a unidade é “porta aberta”, ou seja, qualquer pessoa que tenha sido picada pode se dirigir diretamente até a unidade, de preferência levando o animal para identificação da espécie.



Deixe uma resposta