Raquel Lyra lança Priscilla Krause como pré-candidata a vice-governadora de Pernambuco

A pré-candidata ao governo de Pernambuco Raquel Lyra (PSDB) anunciou, nesta segunda (25), Priscila Krause como pré-candidata a vice-governadora do estado. Ela é filiada ao Cidadania e exerce o mandato de deputada estadual em Pernambuco.

O anúncio aconteceu durante uma coletiva realizada na sede da Associação Comercial de Pernambuco (ACP), no Bairro do Recife, na área central da cidade. O ato, marcado para começar às 16h, teve início com meia hora de atraso, às 16h30.

“É um momento histórico para o nosso estado em que, pela primeira vez, duas mulheres disputam o governo de Pernambuco. É uma alegria de contar com Priscilla, a melhor parceira de caminhada que eu teria oportunidade de governar Pernambuco de igual pra igual”, afirmou Raquel Lyra.



A candidata ao governo afirmou que as duas vão representar mulheres como as que sofrem violência. Disse, poer exemplo, que a ideia é a ideia é trabalhar com prioridade com “quem cuida das famílias no anonimato”.

“São bravas guerreiras, que todos os dias saem de casa bem cedo para buscar comida, para botar em casa para os seus filhos e que, neste momento mais difícil da história de Pernambuco, vão poder contar com nossa vez com a nossa voz podendo representá-las”, disse.

Priscila Krause é jornalista e tem 44 anos. Ela exerce mandados eletivos há 18 anos. A candidata a vice é filha do ex-governador e ex-ministro Gustavo Krause, que deixou a vida pública em 1998.



Priscilla foi vereadora do Recife por três legislaturas. Atualmente, exerce o segundo mandato de deputada estadual. Foi do PFL e depois foi para o DEM, quando o partido trocou de nome.

A recifense é filiada ao Cidadania desde o ano passado. Foi assessora da Secretaria de Justiça do estado, em 1999, e assessora parlamentar do então vereador Admaldo Matos, em 2000, e do deputado federal André de Paula, entre 2001 e 2004.

“Pernambuco vive um momento difícil, com muito desemprego, pior ambiente de negócios e a maior desigualdade social, seguida da maior carga tributária. Nesse momento, é exatamente quando nós temos que nos juntar”, afirmou Priscila”.



Deixe uma resposta