Primavera em Pernambuco: saiba o que esperar da estação no estado

A primavera começa nesta quinta-feira (22) e, com ela, o fim do período chuvoso em Pernambuco, segundo Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac). Com a chegada da estação, os dias devem ser mais longos e quentes, com maior incidência de radiação solar, explicou a meteorologista Aparecida Fernandes.

No começo da estação das flores, a meteorologista afirmou que ainda podem ser registradas temperaturas mais baixas durante a madrugada, principalmente em locais de maior altitude, como Agreste e Zona da Mata.

Apesar da nebulosidade ainda estar presente, ao longo do dia, a tendência é que os moradores do estado sintam mais calor e “mormaço”.



“Nas primeiras horas da madrugada, pode ocorrer chuva, mas muito rápida e em poucos dias. A previsão para os próximos dias é de continuidade de sol e aumento das temperaturas. É começar a se preparar, porque o calor vai começar bem forte”, disse Aparecida Fernandes.

A explicação para o frio ter durado um pouco mais este ano em Pernambuco está na presença do fenômeno La Niña. Ao contrário de sua contraparte El Niño, ele favorece a ocorrência de mais chuvas porque as águas do oceano Atlântico permanecem mais aquecidas do que o normal, segundo a meteorologista.

Com o predomínio de sol no estado, a previsão para a Região Metropolitana é de temperatura máxima em torno dos 30°C e umidade relativa do ar em torno de 60% ao longo da primeira semana de primavera. Segundo a meteorologista, a região mais afetada pelo calor será o Sertão pernambucano.



“Aqui [RMR] a gente vai começar a ter aqueles dias mais abafados, com aquele mormaço que é comum. Já no Sertão, as temperaturas ficam acima de 37°C. É muito quente. No Agreste, a temperatura máxima fica em torno de 33°C”, explicou a Aparecida.

A meteorologista disse que, coma primavera, o Sertão passa a ser mais afetado pelo calor porque a região tem maior retenção da radiação solar. No litoral, a proximidade com o oceano ajuda a equilibrar as temperaturas.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a primavera vai até o dia 21 de dezembro e a tendência é de chuvas acima da média para toda a região Nordeste por causa do fenômeno La Niña e do padrão de águas mais aquecidas próximo à costa. Já as temperaturas devem ficar próximas e acima da média.



Deixe uma resposta