Em camelôs do Rio, já tem vacina falsa contra covid sendo vendida por R$ 50

Estava na cara que mais dia, menos dia, isso iria acontecer. E só poderia ser no Rio das milícias, de Witzel e Crivella.

O general da Saúde está enrolando tanto para oferecer vacinas à população, que camelôs de Madureira, na zona norte da cidade, já estão vendendo o produto falsificado por módicos R$ 50, com direito a certificado e tudo. Se quiser receber a aplicação na hora, o freguês paga mais R$ 10.




“Vale o alerta: não comprem esse tipo de produto. Essa vacina sim pode transformar a pessoa em um jacaré”, escreveu o jornalista Felipe Lucena no site diáriodoRio.com, depois que a novidade começou a circular domingo nas redes sociais. É uma alusão às declarações do presidente sobre os perigos da vacina.

A embalagem da vacina “alternativa” procura imitar a da Coronavac, a vacina chinesa produzida em parceria com o Instituto Butantan, que começará a imunizar a população de São Paulo no dia 25 de janeiro.



Deixe uma resposta