Caruaru lança ‘Censo e Carteirinha de Identificação da Pessoa com Autismo’

A Prefeitura de Caruaru lançou o Censo TEA com o objetivo de identificar pessoas com o Transtorno do Espectro Autista. Com base nas informações, será possível a viabilização de ações mais direcionadas para este público.

A partir desse Censo será implantada a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea), prevista na Lei 13.977/20. A pesquisa está disponível no link.




Para o secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Carlos Braga, a secretaria vem trabalhando, incansavelmente, para a implantação dessa carteirinha, reafirmando o compromisso da Prefeitura com os direitos humanos.

“Como esse transtorno nem sempre é visível, será muito importante essa carteira para identificar a pessoa com TEA, e ajudará a garantir os direitos estabelecidos por leis”, afirmou Carlos Braga.




Segundo Marcos Gervásio, coordenador do Serviço de Inclusão Social para Pessoa com Deficiência, com a carteirinha será possível desenvolver políticas públicas focadas para termos ambientes cada vez mais humanizados na Caruaru.

Após a compilação de dados no Censo, a Prefeitura divulgará a lista de documentos e os locais onde poderão ser expedidas as Carteiras de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. Outras informações sobre o Serviço de Inclusão Social para Pessoa com Deficiência podem ser obtidas pelo telefone (81) 98384-5652.




Deixe uma resposta