BrasilEleiçõesLulaNacional

A 4 dias da eleição, Lula reitera que não disputará reeleição se vencer

Candidato do PT e mais votado no 1º turno, Lula reforçou em suas redes sociais que não buscará a reeleição em 2026 caso seja eleito no próximo domingo (30). A fala ocorre a quatro dias do 2º turno contra o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL).

“Eu se eleito serei um presidente de um mandato só. Os líderes se fazem trabalhando, no seu compromisso com a população”, escreveu o petista, em seu Twitter.

A fala não é uma novidade. Desde o início da campanha, em agosto, Lula tem dito que seu desafio será maior do que em 2002 porque não pretende buscar um segundo mandato – que, se ocorresse, seria o seu quarto como presidente, junto das vitórias de 2002 e 2006.



No entanto, apesar de não ser novo, o gesto é, mais uma vez, um recado para aliados próximos e seus eleitores, como o candidato a vice-presidente na chapa, Geraldo Alckmin (PSB), e sua mais nova aliada, Simone Tebet (MDB), terceira colocada na eleição presidencial.

A sinalização de Lula abre espaço para o debate de um eventual sucessor fora do campo petista em 2026.



Deixe uma resposta